Divulgação de evento!

Nota

eventoO avanço científico é marcado por uma constante especialização de áreas de pesquisa. Saímos da Física e fomos para a termodinâmica e relatividade geral. Da Biologia à taxonomia e biologia molecular. Sem perceber, cientistas e entusiastas da ciência se afundam mais e mais em seus campos de interesse e perdem o panorama daquilo que realmente buscam conhecer: a natureza. Chegou a hora de levantar nossas cabeças e começar a olhar o que outras pessoas estão fazendo.

É por isso que o psicólogo e etólogo Jerry Hogan e o psicólogo Altay Lino de Souza estão organizando o seminário Cérebro, Cognição, Comportamento e Evolução: De Poliglota a Monoglota? Frente a frente pesquisadores brasileiros e estrangeiros irão discutir como cada um deles utiliza abordagens diferentes para responder as mesmas perguntas sobre a natureza que tanto lhes interessa. Um choque de mundos científicos!

O evento ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de junho no Instituto de Estudos Avançados – USP e não precisa de inscrição. Haverá transmissão ao vivo pela Internet com a possibilidade de envio de perguntas.

Acesse o link abaixo para saber mais sobre o seminário:
http://goo.gl/ua0Yqf Continuar lendo

Grandes enigmas da Ciência

Navegando pela internet hoje, me deparei com uma página do The Guardian bem interessante. Há muitas coisas no universo que ainda não sabemos explicar através da ciência- mas poderemos em breve. Um livro que será lançado em breve  procura responder algumas dessas perguntas (Big Questions in Science). Vamos a alguns fatos:

post1file00022124881Astrônomos se deparam com um pergunta embaraçosa: eles não sabem do que 95% do universo é feito. Átomos que formam tudo que está ao nosso arredor, só contam míseros 5%. Ao longo dos últimos 80 anos tornou-se claro que o restante do universo é composto por duas entidades “sombrias” – a matéria escura e a energia escura. A primeira, descrita pela primeira vez em 1933, funciona como uma cola invisível, unindo galáxias e aglomerados de galáxias. Já a energia escura, descoberta em 1998, está acelerando a expansão do universo a velocidades cada vez maiores. Os astrônomos estão discutindo sobre as verdadeiras identidades destes intrometidos invisíveis. Continuar lendo