Um mundo que queima livros

Sou fascinado por distopias. Não só por existir nas representações de um mundo distópico uma atraente e avançada tecnologia, mas também porque acredito que é o caminho mais provável da realidade em que vivemos. Pelo que vejo, tudo indica que o futuro será distópico. Alguns dos cenários apresentados em livros e filmes devem ter se aproximado muito de onde estaremos em breve, talvez só com uma menor quantidade de roxo nas roupas e cabelos góticos nas ruas. No passado, escritores acertaram ao prever as qualidades e defeitos do presente, o mundo de hoje é a distopia de ontem, então podemos acreditar que a distopia de hoje será a realidade de amanhã, um caminho que parece ser irrefreável.

Continuar lendo

Anúncios